Novas regras da ANAC Atualizada: Veja o que mudou

A Agência Nacional de Aviação – ANAC, mudou algumas regras para o embarque em todo o território brasileiro. Desde o último dia 18 de julho, todos os aeroportos começaram a cobrar essas medidas e o viajante precisa estar atento para não ter problemas no embarque ou até mesmo perder o seu voo.

As mudanças vieram para trazer mais segurança durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro, mas se forem bem aceitas pelos brasileiros, devem permanecer a partir de então. Se você perdeu algumas notícias sobre o que mudou, nós contamos agora. Confira.

Revista Física ou Escâner Corporal

Assim como a maioria das novas medidas, essa só era válida para voos internacionais. A partir de agora, todo passageiro precisará passar por um escâner corporal, com a finalidade de identificar também o que ele pode levar consigo e que não é identificado no detector de metais.

Isso dificulta o transporte de drogas e outros objetos ilícitos, mesmo que feitos a partir de materiais permitidos em trânsito aéreo. Caso algo seja identificado como irregular, o passageiro será abordado por um oficial da polícia federal e levado até uma sala para conferência manual.

Notebook fora da mochila

Sempre que você leva uma bolsa ou uma mochila com o notebook, também carrega consigo outros pertences pessoais. Agora, a fiscalização exige que o aparelho de computador móvel seja passado pelo raio-x fora da bolsa.

A medida veio para favorecer a identificação de outros objetos que vêm dentro da bolsa e antes não eram identificados devido a presença do notebook. Então evite deixa-lo repleto de pequenos objetos para não ter dificuldade de tirar e botar depois.

Revista completa da bagagem de mão

Os aparelhos de raio-x foram atualizados para também fazer a vistoria da sua bagagem de mão. Agora é possível identificar cada um dos itens que você carrega na mala e evitar a passagem de objetos proibidos pela Agência.

Uma dica muito preciosa é você conferir todas as indicações da companhia aérea, sobre o que é ou não permitido levar dentro do avião para não correr o risco de ser bloqueado na hora da vistoria. Todas as bagagens de mão também serão inspecionadas manualmente e, em caso de problemas, você será encaminhado para a sala da polícia federal a fim de esclarecimentos.

Antecedência de duas horas para embarque

Se você é daqueles passageiros que sempre chega em cima da hora, é bom começar a mudar esse mau hábito. A ANAC garante que as vistorias serão efetivas e aqueles que não cumprirem não embarcarão. A partir de agora, todo passageiro terá que passar pelo portão de embarque com duas horas de antecedência, mesmo que faça o check-in antecipadamente.

O que acontece com quem não obedecer às novas regras?

O primeiro veto vem com a não permissão para o embarque. Todos os passageiros que não permitirem a vistoria na bagagem ou que dificultarem o trabalho dos inspetores poderão perder a sua viagem e, aqueles mais alterados podem ser levados como desacato.

Você concordou com as novas regras? Comente!

Deixe seu comentário:

Envelope