O que fazer em Recife: 8 atrações e dicas de passeios

Recife é uma das cidades mais famosas da região Nordeste do Brasil. E não poderia ser diferente.

Afinal, a capital do Pernambuco guarda uma história que só pode ser contada por quem de fato já viveu a experiência de estar ali.

Uma experiência única que recebe pessoas do país todo em todas as épocas do ano. É importante dedicar um certo tempo e programar o que fazer em Recife.

Recife Antigo e Marco Zero

Recife Antigo é o nome do centro histórico da capital do Pernambuco. Costuma ser a região ideal para começar o roteiro do passeio pela capital pernambucana.

É neste lugar que fica a Praça Barão do Rio Branco, que é onde está localizado o Marco Zero. Ou seja, o exato ponto em que a cidade nasceu.

E para sinalizar este local, há uma obra do famoso artista pernambucano Cícero Dias.

Além disso, a Praça Barão do Rio Branco é contornada pelo estuário do porto de Recife e por algumas construções históricas que dão todo o charme dessa região, como, por exemplo, o famoso prédio do Centro Cultural da Caixa, que tem sempre  uma agenda cheia de exposições interessantes.

o que fazer em recife
o que fazer em recife

Paço do Frevo

Você sabe porque o guarda-chuva colorido é uma das marcas mais simbólicas da dança do frevo? Esta é uma resposta que você pode até pesquisar no Google, mas este conhecimento, assim como muitos outros, você também pode ter acesso ao visitar o museu Paço do Frevo.

Afinal, este é um museu que foi criado justamente para contar a história do Frevo enquanto dança e ritmo musical.

Dentro do museu Paço do Frevo, um conjunto de músicas, figurinos e estandartes apresentam a importância deste elemento cultural tão característico do estado de Pernambuco.

E, obviamente, como já foi citado anteriormente, você enfim vai descobrir qual é a função do guarda-chuva colorido e, porque ele é tão importante para a dança do Frevo.

Cais do Sertão e Memorial Luiz Gonzaga

O Museu Cais do Sertão é outro dentre os lugares imperdíveis da capital Recife. A visita ao museu é uma verdadeira viagem pelos costumes do sertão nordestino.

Da casa de taipa até o karaokê com as músicas mais famosas de Luiz Gonzaga, você vai ficar realmente impressionado com as formas que o espaço cultural encontrou para contar a história das pessoas que vivem no sertão do estado.

E para os fãs do músico Luiz Gonzaga, uma boa opção é conhecer o Memorial Luiz Gonzaga, que fica no centro da cidade.

É um museu especialmente focado na vida e obra do cantor pernambucano que é considerado o rei do baião.

Capela Dourada

Construída entre os anos de 1696 a 1724, a Capela Dourada segue conservada até os dias atuais. Inclusive, a Capela Dourada está entre as igrejas mais bonitas do Brasil.

O seu nome foi dado justamente por conta do seu revestimento em ouro e também por conta dos seus adereços que adornam o seu interior em um estilo que é puramente barroco.

Ou seja, bem cheio dos detalhes que fazem as pessoas que apreciam esse tipo de arte encherem os olhos.

A Capela Dourada é uma igreja de admirar a visão e faz parte da Igreja de Santo Antônio e do Museu Franciscano de Arte Sacra.

Embaixada dos Bonecos Gigantes de Olinda

No Recife Antigo, há uma opção de lugar bem divertido para visitar. É a Embaixada dos Bonecos Gigantes de Olinda, que fica na rua do Bom Jesus.

E como o seu próprio nome já indica, este é um lugar que é dedicado para aquelas figuras que desfilam em todo Carnaval sendo carregados pelas ruas no meio das multidões da folia.

Muito provavelmente, você já viu esses bonecos de Olinda pela televisão. Mas a experiência de vê-los pessoalmente é realmente única.

Somente assim, você tem a real dimensão do tamanho desses bonecos e pode conferir assim, bem de perto, o trabalho dos artesãos para produzi-los.

Viajar de Recife para Olinda

Com toda a certeza, não dá para visitar Recife e se esquecer de Olinda. A visita para Olinda é como um passeio turístico praticamente obrigatório para todas as pessoas que visitam a capital do Pernambuco.

Olinda é uma cidade que fica logo ao lago de Recife. Uma simples viagem de táxi ou uber já é o suficiente para sair de Recife e chegar em Olinda.

Nesse sentido, mesmo que você tenha pouco tempo, como somente um dia, por exemplo, é possível conhecer bons lugares em Olinda sem precisar ficar muito tempo ou dormir na cidade.

Se for preciso, saia cedo de Recife para Olinda e volte no final da tarde/começo da noite. Você não vai se arrepender da pequena viagem.

Passeio pelo rio Capibaribe

Para as pessoas que preferem um passeio mais tranquilo ou que estão somente de passagem pela cidade, uma boa opção é o passeio pelo rio Capibaribe, um dos mais famosos de toda a região.

Ao passear pelo rio Capibaribe, você vai entender por que Recife é chamada de “Veneza Brasileira”.

O barco do passeio passa debaixo de cinco pontes e, de acordo com o que dizem os rumores, você tem direito a 5 desejos.

Ou seja, um desejo para cada ponte. E os desejos devem ser feitos no momento em que o barco passar por cada uma das cinco pontes.

Mas as praias de Recife?

Embora tenham uma paisagem natural incrível, as praias do Pina e de Boa Viagem, sendo as praias mais centrais da região, são rodeadas de alertas sobre a possibilidade de ataques de tubarão.

Por isso, a recomendação é tomar cuidado e ficar atento às sinalizações sobre onde é seguro mergulhar em Recife.

Nesse sentido, para curtir praias sem essa preocupação mais evidente, vale a pena viajar até Porto de Galinhas, ou até mesmo para as praias de Carneiros, Calhetas ou Coroa do Avião.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *